"A logística reversa é processo de planejamento, implementação e controle do fluxo dos resíduos de pós-consumo e pós-venda e seu fluxo de informação do ponto de consumo até o ponto de origem, com o objetivo de recuperar valor ou realizar um descarte adequado. Desta forma, contribuindo para a consolidação do conceito de sustentabilidade no ambiente empresarial, apoiada nos conceitos de desenvolvimento ambiental, social e econômico. " (Patricia Guarnieri)



Crédito da imagem: jscreationzs / FreeDigitalPhotos.net

terça-feira, 6 de junho de 2017

Green Eletron, criada pela Abinee, lança campanha para descarte de resíduos de eletrônicos - Descarte Green

A empresa Green Eletron, criada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) para gerir a logística reversa de eletroeletrônicos, lançou nesta segunda-feira, 5, em São Paulo, um piloto para o descarte desse tipo de aparelho. Em comemoração à semana do meio ambiente, foi instalado um coletor no prédio da Fiesp, na Avenida Paulista. O projeto foi batizado de “Descarte Green”.


Também foi instalado um coletor no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e em outras cidades como Vinhedo, Cotia e Votorantim. Na primeira fase do projeto serão 16 (dezesseis) pontos fixos, além de campanhas em parcerias com eventos ligados ao tema.

Além destas parcerias, a GREEN Eletron estuda parcerias com o SESC/SP, o Shopping Eldorado e os Correios. Na primeira fase do projeto serão 16 (dezesseis) pontos fixos, além de campanhas em parcerias com eventos ligados ao tema.

“A tendência é que mais entidades passem a aderir ao projeto”, diz João Carlos Redondo, diretor de sustentabilidade da Abinee. Segundo ele, as novas adesões e parcerias vão contribuir para dar capilaridade à iniciativa, oferecendo uma variedade de opções para que os usuários de eletroeletrônicos possam descartar seus produtos sem uso com segurança, a fim de que sejam destinados de maneira ambientalmente adequada.

Redondo destaca que o Projeto Descarte Green servirá como experiência e base para a assinatura do Acordo Setorial Federal para implantação de um sistema de logística reversa de eletroeletrônicos em âmbito nacional, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (12.305/2010).

“Com a nossa iniciativa, poderemos avaliar os custos envolvidos no processo e a complexidade operacional e fiscal, além de estabelecer um relacionamento com todos os atores envolvidos na cadeia de logística reversa, principalmente a adesão dos consumidores para descartar corretamente seus produtos sem uso”, afirma Redondo. Ele prevê que o documento deve ser assinado ainda este ano.

A GREEN Eletron nasceu com o desafio de contribuir para que as empresas atendam às legislações ambientais, com a destinação ambientalmente adequada dos produtos sem uso, descartados pelos consumidores. Com 1,5 milhão de toneladas de lixo eletrônico por ano, o Brasil é o país que mais gera este tipo de resíduo na América Latina, ocupando a 7ª colocação no mundo, junto com a França.

Já fazem parte da Green Eletron as empresas Apple, Asus, Dell, Embraco, Epson, Flextronics, HP, Lenovo, Microsoft, Motorola, Positivo e Samsung.

Mais detalhes sobre a proposta e pontos de coleta podem ser consultados no site: DESCARTE GREEN

Obs: A campanha não recebe pilhas e baterias e lâmpadas.

Fonte: Descarte Green

Nenhum comentário:

Postar um comentário